apoio

LIMIDAE

Características gerais: Possuem conchas equivalves, ovais, orbiculares ou subtrigonais, e são geralmente mais altas do que largas. Dois pequenos e desiguais aurículos projetam-se da área cardinal. A área cardinal possui um ligamento triangular raso em ambas as valvas.
Os umbos são bastante separados. Os Limides possuem um único músculo adutor, monomianos, que está muito mal impresso na maior parte das espécies. Possuem uma abertura longa e estreita.

A escultura externa é composta de escamas imbricadas de maior ou menor tamanho, parecidas com uma lima, de onde derivam seu nome popular.

Os quatro gêneros que ocorrem no Brasil podem ser definidos segundo a seguinte regra:

Lima: possui uma abertura no anterior;
Limaria: possui abertura anterior e posterior;
Limatula: não possui nenhuma abertura;
Limea: não possui abertura, área cardinal possui dentes

Características da concha:

Meio ambiente: Os Limides vivem em águas tropicais e temperadas geralmente habitando águas rasas. A maior parte das espécies vive presa em pedras com o auxílio do bisso. Algumas espécies vivem livres, e se movimentam com o rápido fechamento de suas valvas, como os Pectinideos.

Gêneros no Brasil:



Lima

Limaria

Outros gêneros: Ctenoides, Limatula, Limea

 

 

Glossário | Referências | Créditos | Copyright

© 2001 - 2018 Conquiliologistas do Brasil